XI Encontro de Pós-graduação em História Econômica & 9ª Conferência Internacional de História Econômica



27, 28 e 29 de setembro de 2022

Campinas

Instituto de Economia

Universidade Estadual de Campinas

Minicursos

Minicurso: Tópicos em História Econômica Global

 

Módulo 1: O debate sobre as causas da Revolução Industrial (27/09/2022, 14h-15h30)

Thales Zamberlan Pereira - Escola de Economia de São Paulo (EESP/FGV).

A Revolução Industrial britânica é possivelmente o tópico mais estudado em história econômica. A relevância dentro da disciplina não surpreende, dado que a Revolução Industrial é o principal marco para o início da era moderna. A partir do início do século XIX, diversas sociedades começaram a apresentar um crescimento sustentado, deixando para trás um período de escassez de recursos que limitava o aumento contínuo do padrão de vida da população. Naturalmente, numerosos questionamentos surgem com uma mudança tão significativa na história global. Por que na Inglaterra? Por que durante o final do século 18? O que ocorreu foi mesmo uma revolução, ou é apenas a percepção que temos ao olhar o passado de forma fragmentada? As respostas para essas perguntas mudaram radicalmente nas últimas três décadas, estimulando um grande debate empírico e teórico. Esse módulo busca apresentar para os alunos uma síntese do debate a partir das três interpretações mais influentes desse período: instituições, preços de fatores e capital humano.

 

Módulo 2: Dívida Soberana (28/09/2022, 14h-15h30)

Leonardo Weller - Escola de Economia de São Paulo (EESP/FGV).

Dívida soberana é um dos temas mais contenciosos em história econômica. Alguns historiadores argumentam que o endividamento público foi fundamental na construção do Estado Moderno, do século XVII aos nossos dias. Outros veem a dívida soberana como um instrumento de dominação internacional, sobretudo nas periferias da primeira globalização financeira, durante as quatro décadas que precederam a Primeira Guerra Mundial. Este minicurso aborda a literatura recente sobre o tema. Daremos especial atenção a pesquisas que estudam os determinantes do custo da dívida soberana. Mais especificamente, estes trabalhos buscam responder à seguinte pergunta: de que forma características políticas e financeiras de países devedores - dominação imperial, democracia, padrão ouro, comércio internacional e sustentabilidade fiscal - influenciavam o risco país.

 

Módulo 3: A educação em perspectiva histórica (29/09/2022, 14h-15h30)

Thomas Kang - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A expansão da educação para as massas teve papel importante no crescimento econômico sustentado e na redução das desigualdades na história de diversos países. No entanto, a educação era relativamente negligenciada na pesquisa em História Econômica em comparação com outros temas como políticas setoriais, financeiras ou de infraestrutura. Felizmente, houve expressiva evolução nesta agenda de pesquisa nas últimas duas décadas. Este módulo tem como objetivo apresentar a literatura em História Econômica e política da educação em perspectiva comparada. Algumas perguntas se destacam na pesquisa sobre o tema. Por que alguns países expandiram seus sistemas escolares para as massas antes dos outros? Democracias ou ditaduras: há uma relação entre regimes políticos e expansão educacional? Qual é o papel de instituições ou da globalização na evolução dos sistemas educacionais? Essas são algumas perguntas que guiarão o minicurso.

Realização