Loading...
XII Encontro de Pós-graduação em História Econômica & 10ª Conferência Internacional de História Econômica

Ouro Preto (MG)

01 a 03 de outubro de 2024

NOVO PRAZO PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS:

23 DE JUNHO DE 2024

A Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica (ABPHE) tem o prazer de anunciar que o XII Encontro de Pós-graduação em História Econômica & 10ª Conferência Internacional de História Econômica ocorrerá na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) nos dias 1, 2 e 3 de Outubro de 2024.

Este evento faz parte dos encontros destinados à apresentação dos trabalhos de pesquisadores e estudantes de Pós-Graduação, contando também com Conferências Internacionais, Mesas Redondas e Mini-Cursos de professores e pesquisadores reconhecidos na área.


As sessões ordinárias do congresso serão:

  • Brasil e América Coloniais
  • Brasil e América no século XIX
  • Brasil e América – séculos XX-XXI
  • História Econômica Geral e Economia Internacional
  • História do Pensamento Econômico, Historiografia e Metodologia
  • História de Empresas; História da Tecnologia
  • Iniciação científica


Calendário

NOVO Prazo para submissão de trabalhos (textos completos): 23 DE JUNHO de 2024

Divulgação de trabalhos aceitos: 19 de julho de 2024

Divulgação da Programação completa: 1 de agosto de 2024

Data do evento: 1 a 3 de Outubro de 2024


Contato e informações: XIIPosABPHE@gmail.com


ABPHE

A Associação Brasileira de Pesquisadores em História Econômica (ABPHE), fundada em 10 de setembro de 1993, é uma sociedade civil sem fins lucrativos, que congrega economistas, cientistas sociais, historiadores, e outros estudiosos da história econômica e disciplinas afins (em especial, mas não somente, história de empresas, e história do Pensamento Econômico).


A entidade é a principal organização científica nacional nesta área, promovendo estudos de História Econômica através de revista especializada (História Econômica & História de Empresas – ISSN 1519-3314), de publicação de livros e realização de eventos científicos regulares, nos quais a comunidade acadêmica e da sociedade civil interessada nas pesquisas na área debatem artigos e paradigmas de interpretação, conhece resultados de novas pesquisas e dialoga com pesquisadores de outros países. Além de estimular a discussão, o estudo e a pesquisa documental das transformações das estruturas econômicas, sociais e culturais ao longo da História, a ABPHE abre espaço para conferências sobre processos econômicos contemporâneos nacionais e internacionais.


Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)


A anfitriã do evento é a Universidade Federal de Ouro Preto.

A Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) foi criada no dia 21 de agosto de 1969, com a junção das centenárias e tradicionais Escola de Farmácia e Escola de Minas. Ao longo dos anos, cresceu e ampliou seu espaço físico, ganhando novos cursos, professores e colaboradores.


A Escola de Farmácia foi criada em 1839. Construída na antiga sede da Assembleia Provincial, local onde foi jurada a 1ª Constituição Republicana de Minas Gerais, a Escola foi a primeira faculdade do Estado e é a mais antiga da América Latina na área farmacêutica. Atualmente, seu setor administrativo, colegiado e diretorias estão localizados no campus Morro do Cruzeiro, em Ouro Preto. Os laboratórios e as salas de aula funcionam na sede da Escola, no centro da cidade, e no campus.


No ano de 1876, o cientista Claude Henri Gorceix fundou a Escola de Minas, primeira instituição brasileira dedicada ao ensino de mineração, metalurgia e geologia. Sediada no antigo Palácio dos Governadores, no centro de Ouro Preto, foi transferida, em 1995, para o campus Morro do Cruzeiro.

Em 1979, na cidade de Mariana (MG), teve início o Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS). Localizado no prédio onde funcionava o Seminário de Nossa Senhora da Boa Morte, hoje o campus abriga os cursos de História, Letras e Pedagogia. Por meio de sua adesão ao Programa Reuni, a UFOP criou mais uma unidade na cidade de Mariana, onde foram abrigados quatro cursos: Administração, Ciências Econômicas, Jornalismo e Serviço Social, que funcionam, desde 2008, no Instituto de Ciências Sociais e Aplicadas (Icsa).

O Programa de Pós-Graduação em História da UFOP iniciou suas atividades em 2007, na implementação da primeira turma de mestrado, em 2013 foi aberta a primeira turma de doutorado. Já o Programa de Pós Graduação em Economia Aplicada da UFOP (PPEA-UFOP) teve sua proposta de criação aprovada em dezembro de 1015 pela CAPES, tendo iniciado a primeiro turma de mestrado em 2016.

Hoje, a UFOP oferece 51 cursos de graduação, sendo 47 presenciais e quatro a distância. Quanto à pós-graduação, são ofertados 24 cursos de mestrado acadêmico e oito profissionais, 15 opções de doutorado e 10 especializações. No total, são mais de 11 mil alunos, cerca de 800 técnicos-administrativos e aproximadamente 900 professores, entre efetivos e substitutos.


Site da UFOP: https://ufop.br/